segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Chuvas de verão: EDP alerta para os riscos com energia elétrica no período.

Em caso de alagamento, os cuidados devem ser redobrados Mogi das Cruzes, 18 de janeiro de 2016 – Nas estações mais quentes, como é o caso do verão, há uma propensão maior na ocorrência de fortes tempestades acompanhadas de descargas atmosféricas. De acordo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), os incidentes deste tipo no Sudeste devem aumentar 20% em relação ao mesmo período do ano passado. Por isso, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte, orienta sobre a prevenção de acidentes nesta época. A primeira dica está na atenção para as instalações elétricas internas. É importante utilizar sempre materiais adequados e deixar que profissionais devidamente treinados executem o trabalho. “Boas instalações são mais resistentes e permitem que os equipamentos sejam usados com segurança e eficiência, evitando choques elétricos bem como o aumento do consumo e, consequentemente, da conta de energia elétrica”, explica Marcos Scarpa, relações institucionais da EDP. Durante temporais com raios e trovões é recomendável retirar da tomada equipamentos eletrônicos com sistemas mais sensíveis (computador, televisão, modem, telefone, entre outros), evitando possíveis danos. As descargas atmosféricas podem, eventualmente, afetar as instalações dos consumidores. “As descargas podem afetar aparelhos elétricos mesmo sem passar pela rede de distribuição de energia da concessionária, caso existam outros pontos de entrada e propagação interna, como antenas de TV”, ressalta Scarpa. Na rua, caso haja queda de árvores ou objetos como galhos, placas e banners sobre a rede elétrica, a EDP deve ser acionada imediatamente por meio da Central de Atendimento: 0800 721 0123, que funciona 24 horas e com ligação gratuita ou pela Agência Vitual www.edp.com.br. Cuidados importantes Em casa:  Evitar goteiras perto de instalações elétricas (água conduz energia)  Desligar aparelhos elétricos e eletroeletrônicos em caso de ausência ou viagem por longo período  Não tocar em equipamentos elétricos ou fazer manutenções com o corpo molhado  Evitar ligações provisórias irregulares, que podem causar fuga de corrente e até princípio de incêndio  Evitar fazer uso de multiplicadores de tomadas (benjamins ou T), prefira filtros de linha ou réguas Na rua:  Não ficar em áreas descampadas durante as tempestades, como a praia  Evitar o abrigo embaixo de árvores e estruturas metálicas durante temporais com raios  Não andar em áreas alagadas onde existem bueiros;  Em caso de cabos elétricos no chão, manter distância e entrar em contato imediatamente com a EDP. Situações de alagamentos  Ao primeiro sinal de chuva forte, deixe móveis e eletrodomésticos fora do alcance da água  Desligue equipamentos elétricos e eletrônicos, feche o registro do gás e da água  Acompanhe o noticiário local e fique atento às mensagens de esclarecimento ou alarmes  Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas  Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica  Desligue o disjuntor caso a água atinja níveis que possam alcançar as tomadas elétricas  Não deixe extensões ou cabos elétricos em contato com a água. Mariana Bolognese

Nenhum comentário:

Postar um comentário